Topo

Histórico

Categorias

Luana leva filho no hospital, Scooby vai para a balada: Instagram denuncia

Flora Paul

02/12/2019 08h36

No giro do que está viralizando nas redes sociais nesta segunda (2) você confere: DiCaprio e Bolsonaro não bateram-boca no Twitter; a diferença dos Instagram de Luana Piovani e Pedro Scooby; a bailarina Ingrid Silva explicando sobre a necessidade de representatividade nas sapatilhas; a resposta empoderada de um tuiteiro para o bullying com seu peso e a bandeira que vai trazer uma esperança para seu dia.

É falso que Leonardo DiCaprio e Jair Bolsonaro bateram-boca no Twitter


Começou a circular no Twitter – e talvez chegue ao seu WhatsApp – uma imagem mostrando que supostamente Leonardo Di Caprio teria postado emojis de fogo mencionando Jair Bolsonaro, que responderia para o ator "vender seu Oscar para pagar seu advogado". A coisa anda tão maluca que quase 100 mil pessoas curtiram o tuíte dizendo que hoje em dia dá até para acreditar que isso aconteceu, mas uma conferida rápida na conta do ator mostra que a última vez que ele interagiu nas redes sociais foi em 18 de novembro, bem antes das acusações do presidente brasileiro – este esteve online neste domingo, mas não tuitou nada para DiCaprio.

Veja também

O Instagram da Luana Piovani e do Pedro Scooby explica porque muitas mulheres ainda não decidiram ter filhos
A escritora Stephanie Ribeiro estava passeando pelo Instagram quando percebeu a diferença entre os stories de Luana Piovani e do Pedro Scooby neste fim de semana. Enquanto Luana postou que teve uma madrugada de terror, com o filhinho Bem tendo uma crise de dor de cabeça, precisando ser levado ao hospital, praticamente no mesmo horário o pai de seus filhos Pedro Scooby postava vídeos assistindo um show diretamente do palco.

Ainda ontem, Luana também postou que já estava tudo bem com a criança, enquanto Pedro seguia curtindo uma viagem.

Grande coincidência ou não, os stories fizeram mais de 6 mil pessoas apertarem o like no questionamento "Depois me perguntam por que não sei se quero ter filhos".

Por quê bailarinas usam rosa?
A bailarina carioca Ingrid Silva, integrante da companhia nova-iorquina Dance Theatre of Harlem, por muitos anos pintou suas sapatilhas para que ficassem da cor de sua pele. Neste domingo (1), Ingrid postou um video explicando a importância do lançamento de cores de sapatilha para mulheres de pele negra.

A cor rosa das sapatilhas foi definida há séculos atrás no balé clássico para dar uma sensação de continuidade entre o corpo das bailarinas e seus pés. O rosa não foi escolhido por ser uma cor considerada feminina nem nada do tipo: na verdade, ele imitaria a tom da pele das bailarinas. Portanto, não é mimimi: sapatilhas de outras cores respeitam a diversidade das bailarinas.

Este tuiteiro gordo deu a melhor resposta para seus haters


Cansado de receber críticas sobre sua forma física, o usuário de Twitter @juspader postou uma foto sem camisa para um comentarista que queria colocá-lo para baixo. Junior ainda escreveu que "se tivesse vergonha de quem sou, não sairia na rua". A selfie já recebeu mais de 100 mil likes na rede social.

Esta bandeira vai trazer esperança para o seu dia
O usuário do Twitter @1paulonogueira notou uma bandeira diferente no mastro do Museu de Arte do Rio, com os dizeres "Vai Passar".

A bandeira é parte de um projeto do museu em que artistas convidados elaboram uma bandeira para um dos prédios do complexo. A atual foi criada pelo artista Marcos Chaves e faz referência a canção do Chico Buarque de mesmo nome, lançada em 1984.

Nos vemos no giro de terça-feira!

Sobre a autora

Flora Paul, jornalista, foi coordenadora na UOL, editora no BuzzFeed Brasil e repórter de MTV, Glamour e Tpm. Paulista nascida na Avenida Paulista, fixou residência na internet.

Sobre o blog

Aqui você encontra os memes e histórias virais nas redes sociais bem antes delas chegarem ao seu WhatsApp.

Viralizando